ilhadenotícias - #anuncie!
whatsapp

(18) 99132.5461

Os retornos da Avenida Brasil devem ser reabertos?

Sim - 72.9%
Não - 27.1%

Total de Votos: 328
The voting for this poll has ended ligado: 11 Mar 2018 - 00:00

Notícia Falsa: Mulher presa não vendia espetinhos em Ilha Solteira

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

(Foto: Reprodução/Internet)

 

Nos últimos dias circula pelas redes sociais, principalmente pelo aplicativo whatsapp, a informação de que uma mulher teria sido presa na cidade de Nova Independência, que entregava espetinho feito com carne de cachorro em Ilha Solteira e outros Municípios da região. A notícia é falsa.

O mesmo conteúdo vem sendo reproduzido em todo o país, sempre com a mulher sendo presa e entregando espetinhos em cidades diferentes. As fotos que acompanham a “notícia”, inclusive, não teriam nada a ver com o caso.

De acordo com o site boatos.org, que checa informações de “notícias” que circulam pelas redes sociais, as fotos dos cachorros se quer foram tiradas no Brasil e circulam em sites árabes desde 2016. A suspeita é de que elas foram tiradas no Festival Yulin, na China, onde as pessoas se reúnem para comer carne de cahorro. Já a foto que mostra um homem em uma cozinha, com carne de cachorro espalha pelo chão, foi usada em um boato na Índia, que acusava um grande hotel de usar carne de cachorro na preparação de um prato tradicional.

Já em relação a foto da mulher, ao que tudo indica, mostra outra situação, que nada tem a ver com a morte dos cachorros. Ela deve ter sido tirada em outro momento e outro contexto.

Vale ressaltar que, antes de ajudar na disseminação de notícias como a relatada acima, é importante que a pessoa verifique a veracidade. Afinal, se fosse verdade, seria um escândalo e estamparia capas de todos os jornais e seria veiculada em todas as emissoras de televisão.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+